3 de julho de 2012

Procura

Nós de maneiras muitas vezes absurdas e tortuosas, sempre estamos procurando felicidade e amor. 
A procura de alguém que caiba nos nossos sonhos, nos pensamentos. 
Alguém pra compartilhar momentos de alegria, mas também de tristeza. 
Alguém pra ligar de madrugada, confessar nossos medos, desejos, anseios. 
Alguém pra nos fazer acreditar que existe sempre uma nova razão pra continuar. 
Alguém que nos de a mão, e prometa caminhar ao nosso lado 
em qualquer momento, em qualquer lugar, para qualquer lugar.

1 de julho de 2012

Desilusão

Decepções amargas
Pura sim
Desilusão
No vão do amor que se escondeu
Deixou apenas
No peito meu
Angustia e solidão
                              
Vagando entre as esquinas
Ruas movimentadas
Nessa chuva que não cessa
Não descansa
Não tem pressa
De esperar um novo amor