18 de junho de 2014

Afeto

O afeto
Que vai além das explicações
E das palavras
Que sobrevive no tempo
E que a alma abriga
Mas o silencio abafa
Camufla a melancolia
O afeto
A paz em um coração sensível
O desejo carnal
Ou o carinho quase fraternal
O amor genuíno
Que faz os laços dessa
E de outras vidas
Perpetuarem.

16 de junho de 2014

Consolidação

O mundo ganha forma e força
Quando desfrutamos dos prazeres da vida
Como ver um por do sol
Ou ouvir o barulho da chuva num fim de tarde
Como caminhar descalça à beira-mar
Em contato com a areia

Como conhecer pessoas e lugares
Redescobrir canções do passado
E sentir a nostalgia gritante
O tempo é a consolidação da alma.